resia

Resia: Incorporadora da MRV&CO nos EUA muda de nome

Como parte de um processo de transformação e crescimento, a AHS Residential passa a se chamar Resia.

15 de junho de 2022 - 2 minutos de leitura

Autor: Redação

Compartilhe:

Com foco no reconhecimento da marca, que acelera sua expansão pelos Estados Unidos, a AHS Residential agora passa a se chamar Resia. A mudança de nome da incorporadora da MRV&CO que atua exclusivamente no mercado de locação de imóveis, nos Estados Unidos, faz parte de um rebranding completo, que inclui nova identidade visual.

Além do rebranding, a companhia tem planos de crescer  500% o volume de unidades entregues nos próximos três anos. Até 2025, a Resia se prepara para lançar 8 mil unidades por ano.

Presente nos estados norte-americanos da Flórida, Geórgia e Texas, a companhia já tem projetos em prospecção no Colorado – e, nos próximos anos, pretende expandir a atuação para Washington D.C. e Arizona. Atualmente, são 2 mil unidades de apartamentos construídos e em operação, além de mais de 20 empreendimentos em construção. 

Resia para comunicação e conexão mais direta com o público

Segundo a diretora de marketing, Denise Cruz, o propósito da mudança é criar uma identidade mais direta com o público que se enquadra ao perfil dos empreendimentos da incorporadora, a classe média americana. “Nosso público, em geral, são famílias que ganham de US$ 45 mil a US$ 85 mil/ano, como professores, policiais, comerciantes, trabalhadores essenciais, e profissionais começando suas carreiras”, explicou Cruz. 

O nome Resia, segundo Denise, busca uma conexão mais intuitiva com as palavras resident e residence, de modo a estimular uma associação espontânea com a marca. “É um nome curto que soa bem e inconscientemente também ajuda a fixar a percepção do público”, argumenta a diretora de marketing, acrescentando que a escolha foi precedida de estudos de público e de mercado que duraram quase dois anos. “Isso já vem de um longo processo de transformação que a companhia está vivendo”.

Foco no aluguel

A Resia atua exclusivamente no mercado de aluguel de apartamentos nos Estados Unidos, que está cada vez mais aquecido. Pesquisas apontam que 1/3 dos americanos (mais de 100 milhões de pessoas) moram de aluguel – e faltam opções que se adequem às mais variadas demandas desse enorme contingente da sociedade.

Os empreendimentos da Resia reúnem apartamentos de 1, 2 e 3 dormitórios (com áreas de 60 m², 85 m² e 100 m², respectivamente). Todos os condomínios contam com ‘edifícios de lazer’, que funcionam em áreas contíguas aos prédios e oferecem estrutura semelhante à de clubes, com sede social, piscinas, academia, quadras e serviços diversos.

“Há uma falta muito grande de ofertas de locações com preço acessível nos grandes centros de trabalho. Nós exploramos áreas que não são centrais, mas que têm proximidade a meios de transporte público ou acesso direto e fácil às vias de alta velocidade. Os imóveis são novos, com acabamentos de alta qualidade, em localizações estratégicas, que atendem muito bem à demanda das famílias, a preços competitivos e com a oferta de áreas de lazer”.