alta de juros no mercado imobiliário

Alta de juros não impede avanço do mercado imobiliário, mostra jornal

Apesar da alta de juros no mercado imobiliário, crédito continua com taxas historicamente baixas e o cenário para o setor é positivo

10 de outubro de 2021 - < 1 minuto de leitura

Autor: Redação

Compartilhe:

A alta dos juros não está inibindo o mercado imobiliário, na avaliação de Ana Maria Castelo, da coordenadora de Projetos de Construção do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre). Segundo ela, apesar da tendência de aumento, o cenário atual ainda é favorável ao mercado imobiliário, pois as taxas de juros do crédito imobiliário continuam relativamente baixas. A análise da especialista aconteceu em evento online organizado pelo jornal Valor Econômico na primeira semana de agosto.

De acordo com a reportagem, mesmo com o aumento das taxas de financiamento ajustadas pelos bancos, elas não devem voltar ao patamar de 2017/2018, pois estavam historicamente muito baixas. “Devemos ter ainda um momento favorável à tomada de crédito neste ano e um cenário favorável ao mercado imobiliário”, disse Ana Maria.

Outro desdobramento do cenário positivo, segundo ela, é um crescimento previsto de 4% no PIB da construção civil em 2021, recuperando a retração de 7% no ano passado, em função da pandemia. Os dados da FGV indicam ainda que o setor encolheu cerca de 30% no período de 2014 a 2018 e estava ensaiando uma retomada (alta de 1,5%) em 2019, interrompida pela eclosão da pandemia. Para Ana Maria, o setor vai levar um tempo para se recuperar, pois a retração foi significativa.

Ela ainda destacou que o momento positivo da indústria imobiliária não é necessariamente seguida pela a área de infraestrutura, até mesmo porque as recentes licitações de aeroportos e o novo marco legal do saneamento ainda não estão refletindo no setor. A especialista ainda argumenta que o ciclo de desenvolvimento dos projetos de infraestrutura é mais longo do que o do mercado imobiliário.