casas inteligentes

Com novas tecnologias, casas inteligentes ganham força mundialmente

Com mais recursos de segurança e conforto, exemplos da América do Norte e Europa mostram que as casas inteligentes são cada vez mais comuns

7 de dezembro de 2021 - 2 minutos de leitura

Autor: Redação

Compartilhe:

A quantidade de residências inteligentes aumentou na América do Norte e Europa, como mostram os dados do artigo de Chris Connell, diretor Executivo para a Ásia-Pacífico da Kaspersky, empresa global de cibersegurança. Baseado em um relatório da consultoria Berg Insight, o número de smart houses nas duas regiões citadas somaria mais de 102,6 milhões. Além do volume, há uma tendência de integração entre os dispositivos eletrônicos embarcados nas casas.

De acordo com Connell, o que antes era uma coleção de dispositivos únicos e separados, agora são sistemas inteligentes completos que podem fornecer café na hora certa, ajustar a temperatura e monitorar a segurança da casa, entre outras ações. O especialista destacou uma lista de benefícios atualizada, que começa exatamente com esse último item, a segurança. Para ele, os recursos de câmeras, alarmes e sensores de movimento, para citar somente três, fizeram das casas inteligentes um tipo de fortaleza moderna, inclusive com o monitoramento a distância.

Casas inteligentes privilegiam o conforto

Outro ganho foi no conforto. Algumas das tarefas domésticas foram assumidas pela tecnologia e um exemplo recente é a cama desenvolvida pela Eight Sleep. Com uma série de sensores, ela é capaz de monitorar a qualidade do sono do usuário com base em 15 parâmetros, incluindo a duração do sono profundo e padrões de frequência cardíaca. Isso permite que se escolha a hora ideal para dormir e acordar. A cama faz isso suavemente, captando o momento em que o corpo está pronto para se levantar. Ao mesmo tempo, ela pode interagir com outros dispositivos do quarto, criando um ambiente matinal agradável, inclusive com música.

A cozinha, como parte central de muitas residências, funciona como um campo avançado das smart houses e ganhou dispositivos com o EYWA Kitchen Smart Screen, uma tela pequena que funciona como ajudante geral dos proprietários, encontrando receitas de pratos online, ao mesmo tempo em que compra ingredientes faltantes de forma automática e gerencia a entrega dos pedidos. A tela pode ainda gerir a ligação dos aparelhos domésticos e definir temporizadores, além de servir como um dispositivo de entretenimento, com desenhos animados para as crianças.

Até mesmo os pets fazem parte do público-alvo de quem oferece soluções de smart homes. Além de zelar pela segurança e conforto dos proprietários, o mercado de Internet das Coisas (IoT) facilitou e melhorou a vida dos animais de estimação, com dispositivos inteligentes para repor água e comida, além de monitorar o fluxo de nutrição, entre outras possibilidades.