Westside Park

Pedreira desativada vira parque público em Atlanta

Westside Park, em Atlanta, nos Estado Unidos impressiona pelo tamanho, mas, no Brasil, também há modelo semelhante

3 de janeiro de 2022 - 2 minutos de leitura

Autor: Redação

Compartilhe:

O maior espaço verde da cidade americana de Atlanta foi inaugurado em agosto deste ano com uma área de 1,12 km2. Além do tamanho, Westside Park impressiona também pelo reservatório com 106,7 metros de profundidade e, principalmente, pelos 9 bilhões de litros de água. O volume se explica pelo fato de o parque ter funcionado durante décadas como uma pedreira, a Bellwood Quarry, produtora de agregados minerais como a brita usada em construção civil e obras de pavimentação. A obra levou seis anos para ser entregue e funciona também como uma reserva de água potável , que pode ser usada em situações de emergência, ampliando a sustentabilidade da transformação da ex-pedreira.

Pedreira desativada vira parque público também no Brasil

A iniciativa não é nova, inclusive com casos no Brasil, com destaque para Curitiba, onde a famosa Ópera de Arame é também um parque público criado a partir de uma pedreira desativada. O que diferencia o Westside Park é que o projeto vira mais uma vitrine para empreendimentos sustentáveis. 

Com trilhas para caminhadas arborizadas, prados gramados e penhascos rochosos impressionantes, o parque e o reservatório são familiares para amantes do cinema e de séries de televisão: ele foi cenário para produções como The Walking Dead, Stranger Things e vários longa metragens. Outra característica é que o parque se interliga – por meio da rota de trilhas – ao Proctor Creek Greenway e ao BeltLine Westside Trail, outras áreas públicas de Atlanta. 

Westside Park tem atrações para adultos e crianças

O Westside Park foi pensado como uma área de florestas densas, prados gramados e um reservatório central. A facilidade de acesso acontece pela sinalização inteligente, a partir de trilhas pavimentadas com 8 km de extensão. De qualquer um dos estacionamentos é possível pegar uma alça de acesso sinalizada em azul e descer até o parque, passando por um playground, abrigos de piquenique e campos abertos, indo até um caminho que margeia o reservatório. 

Para ter as melhores vistas do parque, os usuários usam um caminho sinalizado em amarelo e sobem escadas para atingir um mirante famoso pelos penhascos escarpados da pedreira desativada e pela vista do horizonte da cidade.

A sinalização continua com um sistema de trilhas – marcadas com cor roxa – que circunda o perímetro do parque e oferece mais vistas do reservatório, e também pela trilha vermelha, que é um caminho de maior largura e pavimentado com ciclovias que se conectam aos estacionamentos. 

O deslocamento dentro do parque também foi otimizado pela bifurcação da Proctor Creek Greenway, o outro parque já citado. A estrutura do Westside Park inclui ainda dois pavilhões cobertos e banheiros públicos, bicicletários e um playground equipado com escorregadores, torres e outros recursos apropriados para crianças de 3 a 12 anos.